Sinop: com pátio lotado, Detran deve triturar mais de 900 veículos nos próximos dias

 23-montagem_patio_detran

Fonte: Só Notícias/Herbert de Souza

ARQUIVO DETRAN

Mais de 900 veículos abandonados, há mais de dois anos, no pátio da 19ª Ciretran, devem ser triturados nos próximos dias. São cerca de 830 motos e 70 carros. A medida deve “aliviar” a área de estacionamento, lotada há vários meses, com cerca de 2.150 motos e 50 carros. “No momento, só estamos depositando motos no nosso pátio. Os carros estão indo para a empresa de guincho, onde já estão mais de 400. Agora, vamos só fazer a relação dos veículos que não foram retirados pelos proprietários após as notificações e chamar a empresa de reciclagem. O processo deve ser concluído em 30 dias”, explicou o chefe da unidade, Valdir Sartorello.

As motos e carros passarão por um processo de descontaminação, descaracterização, compactação e, por fim, trituração. Os valores pagos pela empresa serão depositados em uma conta de Detran, como forma de recuperar parte do dinheiro não recebido das taxas e impostos dos veículos. O valor pago pela empresa pelos veículos de Sinop não foi informado. O preço mínimo, previsto em edital, era de 16 centavos por quilo de sucata. Apesar da trituração, os débitos fiscais e demais continuam constando no nome do proprietário até que sejam quitados. A proposta, a partir de agora, é lançar leilões periódicos (de seis em seis meses) para evitar o novo acúmulo de veículos nos pátios do Detran no Estado.
“Temos veículos abandonados no pátio da Ciretran há mais de sete anos. Este é um assunto discutido em nível estadual. Com este edital, já vai dar uma boa limpada nos pátios, onde o trabalho de logística tem sido muito difícil. Agora, a procura é por uma fórmula para resolver o problema definitivamente”, afirmou, Sartorello. Atualmente, parte dos veículos apreendidos em Sinop estão ficando com parte dos veículos nos pátios. “Temos mais de 400 carros nos guinchos em Sinop, que recebem R$ 10 por dia por cada. Estas empresas ficam com a responsabilidade de zelar pelos veículos.
Porém, é um trabalho de risco, pois muitas vezes o proprietário não volta para buscar o carro ou moto e deixa o prejuízo”, destacou o chefe da Ciretran. O edital de leilão foi divulgado em novembro passado. Cerca de 14,2 mil motocicletas e 3,2 mil carros. Em abril, deste ano, a Assembleia Legislativa aprovou uma lei prevendo que veículos apreendidos ou removidos, a qualquer título, ao pátio do Detran ou nas Ciretrans e que não fossem retirados por seus proprietários dentro do prazo de 90 dias -após pagarem documentação, multas e taxas- seriam levados à hasta pública (vendidos).
A lei, elaborada pelo deputado Zé Domingos (PSD), definiu dedução do valor arrecadado do montante da dívida relativa a multas, tributos e encargos legais, e o restante, se houver, depositado à conta do ex-proprietário. A lei determina que a hasta pública para a alienação dos veículos não reclamados por seus proprietários deverão acontecer, no máximo, a cada seis meses. Os que não forem comercializados e que estiverem em condições de uso, aptos a voltarem à circulação deverão ser doados a instituições filantrópicas, previamente cadastradas, que prestam assistência à criança, ao adolescente e/ou ao idoso, bem como ao Fundo Estadual Antidrogas de Mato Grosso.
Advertisements

Posted on July 28, 2015, in Carcaças de veículos, Carros abandonados, Veículos abandonados and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Leave a comment.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: